10 novembro 2009

Palhaço Triste...



O Meu amigo "O Pierrot"

Triste pierrot
Que vai embora
Brincava a toda hora
Deixará saudades
No coração de algumas beldades...

Lindo pierrot, de alma
Uma alma aberta
Brincadeiras não te faltam
Pena que alguns não te suportam...

Pierrot, meu amigo
Conduz muito bem a tua verdade
Continua teu trabalho
Tua alegria
Nem que seja incógnito, pela sociedade...


Ah, meu amigo pierrot!
Que tanto bem me trouxe
Sua brincadeira é contagiante
Mesmo que seja por alguns instantes...

Não fique cabisbaixo
Meu pierrot, amigo
Em meu carinho
Sempre terá abrigo...

Sou tua colombina desvairada
Aquela louquinha que conheces bem...
Mas que para com você
Só quer o teu querer de amigo
Que desde o começo nos aproximou
E nossa amizade cada dia solidificou...

Vai, meu pierrot, querido
Vai, pelos carnavais da vida, cria raiz
Aqui, continua a tua colombina sem vergonha
Sem medo de ser feliz...

Boa sorte, te desejo
Qualquer que seja, a nova empreitada
No meu coração ficará
Como lança fincada...

Quando te "batizei" de Pierrot
Pensei que muito, ficaria por aqui
Sua estada foi curta
Mas muito significativa
Pois em pouco tempo
Mexeu com muitos
Aqui dentro...

Agora vai
Um beijo deixo contigo
Nesse rosto pintado
A amiga de sempre
Não esquece o amigo, amado...

Fatima Abreu

________________________________________________________


PIERRÔ SEM COLOMBINA

Pierrô seu olhar é triste.
Onde anda seu sorriso.
Cadê sua Colombina!
Seus olhos a procuram
pelo salão.
Em meio a confetes e
serpentinas.
Seu amor sua paixão.
Colombina onde andas!
Seu Pierrô te espera.
Com a mesma paixão.
Não deixe seu pranto rolar
nessa triste solidão.
O Carnaval acabou.
E o Pierrô sozinho,
continua no salão.
Esperando sua Colombina,
que no Carnaval que passou.
Foi seu amor, sua alegria.
Mas quarta feira chegou.
De cinzas seu sonho
se tornou.
E pela avenida abandonada,
foi chorando sua dor.
Sem a Colombina, e sem amor!

3 comentários:

tttzaum disse...

meu caro amigo pierrot
heheheheh
cade sua colombinaaaaaaaa??????

PORRA!


ta precisando casar!!


;p

Ileniel disse...

rsrsrsrs...
a pergunta que vos faço meu amigo
a pergunta que vos faço...

Anônimo disse...

Lindas poesias, sobre amor e amizade. Amores vem e vão, amizades são eternas....O bom, mas raro, é quando coincidem!